Prêmio Shell de Educação Científica

Minidoc Prêmio Shell de Educação Científica

Duração: 3:54

Descrição:

O Prêmio Shell de Educação Científica busca incentivar e valorizar professores das áreas de ciências e matemática no Rio de Janeiro e Espírito Santo, premiando projetos de educação inovadores que, por meio de metodologias diferenciadas, imprimam novas formas de ensinar e de aprender.

[Texto]

Todas as imagens do vídeo a seguir foram feitas em 2019, antes do início da pandemia do novo coronavírus.

[Música de fundo]

Música tema da Shell toca ao fundo

[Vídeo]

O Sol bate nas copas das árvores.

[Abertura]

Logotipo da Shell

[Texto]

Apresenta

[Vídeo]

Fabiano Rapozo caminha pelo entorno do Museu do Amanhã.

[Fabiano Rapozo]

- É com educação que você constrói uma sociedade.

[Vídeo]

Professora Luciana com alunos no laboratório.

[Luciana Mattos]

- Ver que aquele teu aluno adquiriu conhecimento é a melhor recompensa.

[Vídeo]

Professor André aparece caminhando.

[André Gonçalves de Oliveira]

- Eu percebia que a sala de aula precisava de mudanças.

[Vídeo]

Alunos aparecem comemorando na escola. Professor Fabiano caminha.

[Fabiano Rapozo]

- Eu sou formado em matemática, eu dou aulas dessa disciplina, e eu meio que caí de paraquedas no magistério. Tudo começou quando eu era agente socioeducativo e tive a oportunidade de alfabetizar um adolescente em conflito com a lei. A gente estava lendo o jornal, e nós vimos que o garoto estava lendo as fotos. Eu falei: "cara, eu posso fazer mais do que ficar batendo cadeado aqui. Eu posso contribuir para a sociedade ensinando matemática para esses adolescentes". E aí eu resolvi, aí sim, cursar o magistério, e sou professor de matemática.

[Vídeo]

Professor André aparece escrevendo em uma mesa, rodeado de livros.

[André Gonçalves de Oliveira]

- No ensino médio, hoje, eu estou dando aula essencialmente de física. Eu peguei uma amostra brasileira de foguete, a MOBFOG. A escola para, fica todo mundo ali acompanhando, é um momento muito mágico. Esses foguetes, eles usam garrafa Pet, eu resolvi fazer, no meu colégio, de uma forma que não ficasse só na física e na química.

[Texto]

Museu do Amanhã.

[André Gonçalves de Oliveira]

- Me inscrevi no Prêmio Shell de Educação Científica em 2015, em 2016 inscrevi novamente, e chegou em 2017 a gente conseguiu ser, dessa vez, premiado.

[Vídeo]

Imagens da premiação.

[André Gonçalves de Oliveira]

- O Prêmio Shell de Educação Científica é um reconhecimento maravilhoso. A gente vai para uma cerimônia bem bacana, quando chamou o segundo lugar, Professor André Gonçalves de Oliveira, então foi uma explosão de alegria.

[Vídeo]

Imagens da premiação.

[Luciana Mattos]

- No dia da premiação, foram bastantes alunos, torceram, eles vibraram.

[Vídeo]

Imagens da premiação.

[Texto]

Prêmio Shell de Educação Científica

[André Araújo]

- A Shell vem trabalhando com o Prêmio desde 2014. É você reconhecer professores que conseguem com que as crianças se sintam motivadas com ciência.

[Vídeo]

Imagens de alunos soltando foguetes e imagens da premiação.

[Luciana Mattos]

- Eu sou professora de ciências biológicas e de biologia, dou aula para o ensino fundamental. O Projeto Floresta Manguezal Restinga, ele foi vencedor em 2018, e era um projeto que levava a ecologia para fora de sala de aula. A gente estava trabalhando crimes ambientais, o estudo de caranguejos, a existência de crimes ambientais com relação ao defeso de duas espécies.

[Vídeo]

Imagens da premiação.

[Aparece o logotipo da Shell e o letreiro #OrioTemEssaEnergia]

[Fabiano Rapozo]

- Eu sempre trabalhei com projetos, então, eu resolvi inscrever no Prêmio Shell. Então, a gente aproveitou o modelo da pipa tetraédrica desenvolvida pelo Graham Bell, para juntar uma brincadeira lúdica, de todo adolescente, com o aprendizado de geometria plana e espacial.

[Texto]

Sobre o Prêmio. O Prêmio Shell de Educação Científica, criado em 2014, busca incentivar e valorizar professores das áreas de ciências e matemática premiando projetos de educação inovadores que, por meio de metodologias diferenciadas, imprimam novas formas de ensinar e de aprender. Reconhecer o professor que é o elo principal entre o conhecimento e a futura geração.

[Texto]

Viagem para Londres + Prêmio em Dinheiro + Equipamentos para a escola. #ORioTemEssaEnergia.

[Luciana Mattos]

- Esse prêmio, ele veio atribuir várias coisas boas para minha vida. Eu nunca teria recursos para ir a Londres.

[Vídeo]

Imagens da premiação

[Texto]

Prêmio Shell de Educação Científica - Vencedores 2017.

[André Gonçalves de Oliveira]

- É porque lá a gente visitou algumas instituições de ensino e de pesquisa, foi uma viagem educativa, ela trouxe uma bagagem e uma profissionalização muito boa. 

[Leíse Duarte]

- Eu acompanhei já a viagem a Londres, e é extremamente gratificante perceber que o Prêmio realmente traz uma diferença de olhar para a própria carreira do professor.

[Fabiano Rapozo]

- Então o Prêmio Shell foi importante, porque a minha vida se divide entre antes e depois do Prêmio Shell. Depois do Prêmio Shell de Educação, veio mais reconhecimento e liberdade total para trabalhar os meus projetos com os alunos. 

[André Duarte]

- Esse prêmio significa muito os valores e as áreas que a gente quer investir na área social. Em educação, inovação, tecnologia, juntar professor com ciência é um grande prazer.

[Texto]

Em linha com os esforços globais na contenção da Covid-19, o Prêmio Shell de Educação Científica traz, em 2020, uma categoria especial que visa premiar professores e professoras que desenvolvam projetos para frear a disseminação do vírus. Saiba mais em shell.com.br/professores.

[Encerramento]

 

Luz na identificação de elementos químicos | Prêmio Shell de Educação Científica

Experiências educativas que transformam

Número de vídeos:

Cerimônia de Premiação

Título: Prêmio Shell de Educação Científica

Duração: 2’23”

[Gravação em vídeo]

Cena fachada do Museu do Amanhã

[Pâmella de-Cnop on fala]

O Prêmio de Educação Científica surge da necessidade de se reconhecer e valorizar o professor, que é o elo principal entre o conhecimento e entre a futura geração.

[Letreiro]

Pâmella de-Cnop. Gerente de Performance Social da Shell Brasil

[Gravação em vídeo]

Cena fachada Museu do Amanhã com pessoas em fila.

[Letreiro]

Valorizar professores das áreas de ciências e matemática: esse é o Prêmio Shell de Educação Científica

[André Araujo on fala]

O Prêmio Shell de Educação Científica, para mim, retorna, eu consigo me lembrar do meu primeiro professor. E particularmente esse prêmio é um dos mais emocionantes.

[Letreiro]

André Araujo – Presidente da Shell Brasil

[Gravação em vídeo]

Cena cartaz amarelo escrito Prêmio Shell de Educação Científica.

Cena de um auditório lotado e pessoas sentadas aplaudindo 3 homens que estão no palco recebendo uma premiação.

[Cláudia Vargas Vilar – on fala]

Não teve nenhuma vez que eu não tivesse sentido orgulho de dizer que eu sou professora.

 [Letreiro]

Educadores de escolas públicas que transformam a sala de aula em ambientes criativos.

[Prof. Alexandre Paes Peixoto on fala]

O professor tem que ir além disso aí. Tem que voltar às raízes, pegar objetos, brincar, aprender e ensinar.

[Letreiro]

Prof. Alexandre Paes Peixoto – Vencedor na Categoria Ensino Fundamental – Ciep 351 – Nova Iguaçu

[Gravação em vídeo]

Cena de jovens ao lado do Prof. Alexandre Paes Peixoto posando para uma foto e segurando o cheque branco da premiação da Shell.

[Letreiro]

Projetos que mostram formas inovadoras de ensinar e de aprender.

[Professor Tobias de Assis Ricardo on fala]

O projeto envolveu fontes de luz natural e artificial e essa análise possibilitou aos nossos alunos concluírem qual lâmpada, por exemplo, atende melhor às nossas necessidades visuais.

[Letreiro]

Prof. Tobias de Assis Ricardo – Vencedor na Categoria Ensino Médio – Colégio Estadual Francisco Portella.

[Prof. Rogério Gomes de Lima Tostas on fala]

A gente quer apresentar, né? Para eles como a física funciona no dia a dia deles.

[Letreiro]

Prof. Rogério Gomes de Lima Tostas – Ceip 355 – Roquete Pinto

[Gravação em vídeo]

Cena de pessoas tirando foto com um celular na frente de um banner do Museu do Amanhã.

[Letreiro]

Despertando o interesse dos alunos pelo conhecimento científico.

[Prof. Luiz Felipe Lins on fala]

Tem crianças escondidas por vários cantos desse país que desenvolvem trabalhos fantásticos.

[Letreiro]

Prof. Luiz Felipe Lins – Escola Municipal Francis Hime

[Prof. Rogério Gomes de Lima Tostas on fala]

E a Shell é responsável por isso. O incentivo que ela deu ao professor através dessa premiação foi o catalizador, né? Que despertou nesses cientistas do amanhã o desejo por aprender ciência.

[Cesar Callegari on fala]

Espero que esse tipo de política e de programa tenha continuidade, porque ele, de fato, é um incentivo necessário para que o país supere as suas dificuldades, sobretudo, valorizando as educadoras e os educadores do nosso país.

[Letreiro]

Cesar Callegari – Sociólogo e avaliador da Comissão Master do Prêmio Shell de Educação Científica.

[Gravação em vídeo]

Cena de auditório com pessoas aplaudindo.

[Pâmella de-Cnop on fala]

Quando um professor olha para uma premiação dessa e fala: "Eu posso conseguir, eu posso conquistar", ele vai estar estimulado a desenvolver novos projetos. É isso que a gente quer causar. É esse impacto que a gente quer gerar.

[Letreiro]

O futuro da ciência brasileira passa por aqui.

[Gravação em vídeo]

Cena fachada do Museu do Amanhã vista de cima.

Logo da Shell.